Blog Gestão de RH

Ver todos posts do Blog

Como se manter atualizado sobre o universo de RH

Buscar talentos, gerenciar pessoas, planejar ações de retenção e concessão de benefícios, alinhar os colaboradores aos objetivos organizacionais. Essas são só algumas das funções hoje dos profissionais de recursos humanos. Antes vistos como uma área técnica, cada vez mais eles desempenham papel estratégico dentro das organizações. Mas como se manter atualizado sobre o universo de RH?  

 

Atualmente, o chamado “departamento pessoal” é convocado a assumir diversos desafios na estrutura corporativa. Isso exige também o domínio e desenvolvimento de competências que precisam ser constantemente atualizadas e aprimoradas. Nesse post, vamos compartilhar algumas dicas para te ajudar nesse caminho. Mas antes de iniciarmos essa jornada, vamos entender um pouco sobre a mudança no perfil do profissional de recursos humanos nos últimos anos.  

 

Uma mudança de paradigma: mais do que contratar pessoas   

Faz tempo que as atividades de recursos humanos passaram de algo meramente operacional para uma função mais estratégica. Se antes bastava entender das rotinas típicas de “departamento pessoal”: admitir e desligar gente, hoje o campo de atuação se expandiu.  

 

Além de cuidar das contratações e desligamentos, é função do RH gerenciar pessoas em seu sentido mais amplo. Nesse sentido, faz parte de suas responsabilidades zelar pelo engajamento e motivação dos colaboradores. Isso permite que o público interno trabalhe em consonância com os objetivos organizacionais.  

 

Pode parecer fácil à primeira vista, mas quem trabalha no ramo sabe que não é. Cuidar de pessoas, hoje, envolve entender subjetividades, ter visão sistêmica, habilidade de gestão, pensar o negócio de forma estratégica e gerenciar possíveis conflitos de interesse.   

 

Por isso, que cada vez mais a área se tornou  essencial para garantir o alcance das metas da organização. E, por esse motivo, os profissionais precisam se manter atualizados sobre o universo de RH. Pensando nisso, vamos trazer agora algumas dicas.  

 

Investir em qualificação é primordial para se manter atualizado sobre o universo de RH 

Como uma área cada vez mais estratégica, a área de RH envolve diferentes competências. Os profissionais podem atuar com recrutamento e seleção, gestão de benefícios, programas de desenvolvimento e formação de lideranças, comunicação interna e por aí vai.  

 

Diante de exigências tão dinâmicas, investir na própria carreira é fundamental. Uma maneira é participar de eventos e congressos do setor. A Associação Brasileira de Recursos Humanos, por exemplo, costuma organizar palestras, atividades e programações voltadas para o compartilhamento de experiências em diversas cidades do país. Esses eventos são boas oportunidades para trocar figurinhas e refletir sobre os novos desafios impostos à profissão.  

 

Em meio à pandemia do novo-coronavírus, que tem provocado mudanças na rotina em todo o mundo, muitos eventos tiveram sua realização suspensa ou adiada. Em seu lugar, no entanto, diversas transmissões ao vivo nas redes sociais – as populares lives – têm sido realizadas sobre diferentes temas.  Isso inclui a área de recursos humanos e representa uma boa forma de se atualizar mesmo remotamente.  

 

Outra opção de qualificação é investir em cursos. Você pode fazer uma pós-graduação em determinada especialidade da área de RH. Por exemplo, um MBA em Análise Comportamental ou uma especialização em Treinamento e Desenvolvimento. A escolha vai depender do seu rol de interesses e dos conhecimentos que precisa para desenvolver a profissão no dia a dia.  

 

Inspire-se nas melhores práticas, faça benchmarking 

Você já ouviu falar de benchmarking? O nome pomposo refere-se à prática de pesquisar, estudar e avaliar o desempenho de outras empresas e profissionais – geralmente considerados referência – em determinada área. Aplicando-se à nossa realidade, é uma forma de se manter atualizado sobre o universo de RH.  

 

Afinal, assim, é possível conhecer as melhores práticas de gestão de pessoas e como o mercado tem se comportado nesse segmento. Com base nesse levantamento, você pode ter insights poderosos para adaptar os seus métodos de trabalho e promover inovações. 

 

Mas lembre-se: fazer bechmarking não é copiar as práticas de RH mais bem sucedidas de outras organizações. Mas, sim, usá-las como uma referência para construir o seu próprio caminho. Atualizar e aprimorar sua linha de atuação. É para servir de inspiração com base no que vem dando certo em outras empresas e adaptar à sua realidade de trabalho, percepções e desafios.  

 

Esteja atento para identificar tendências e se manter atualizado sobre o universo de RH 

Buscando qualificação constante e analisando o mercado em busca de referências, você pode ainda identificar tendências. Sim, as coisas mudam numa velocidade impressionante na atualidade e na área de RH não é diferente. É preciso estar atento para perceber fenômenos, comportamentos e novidades e avaliar como utilizá-los a favor da sua atuação profissional.  

 

Hoje, por exemplo, muito se fala em coaching, uma espécie de mentoria orientada para o alcance de determinados resultados. No universo de RH, isso pode ser aplicado no desenvolvimento e formação dos funcionários, por exemplo, bem como das lideranças da empresa.   

 

Outro fenômeno a ser observado é a presença cada vez maior da cultura digital dentro da sociedade e, consequentemente, na realidade das organizações. Inteligência artificial, redes sociais e internet das coisas são tendências que podem ser incorporadas ao dia a dia dos recursos humanos.  

 

Essas são algumas maneiras de se manter atualizado sobre o universo de RH. Gostou? Acompanhe nosso blog para ter acesso a mais conteúdos como esse que acabou de ler.  





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *