Blog Gestão de RH

Ver todos posts do Blog Escolha a melhor gestão de pagamentos para o seu negócio

Saiba quais formas de conceder alimentação ao trabalhador funcionam

Investir em benefícios para a qualidade de vida dos seus colaboradores é uma necessidade estratégica. Ou seja, melhora a produtividade e estabelece uma posição competitiva no mercado.  Benefícios de alimentação ao colaborador são ferramentas fundamentais para manter uma relação saudável entre empresa e funcionários. Na hora de decidir qual benefício oferecer, alguns itens precisam ser levados em consideração. Saiba quais formas de conceder alimentação ao trabalhador funcionam.

O salário não é o único fator de interesse quando as pessoas avaliam vagas de emprego. Assim também quando pensam em se manter ou mudar de trabalho. E a retenção de profissionais ajuda na redução de custos. Novos processos seletivos para encontrar candidatos geram mais trabalho e aumentam os custos. Além disso, oferecer benefícios deixa a empresa mais competitiva no mercado, uma vez que seus concorrentes também oferecem serviços semelhantes. Outra vantagem é a imagem positiva perante o colaborador e o mercado, já que a empresa se preocupa com o bem-estar dele e de sua família.

Diante de tantas possibilidades, é preciso saber quais formas de conceder alimentação ao trabalhador funcionam. Entre as opções que costumam ser adotadas estão a criação de refeitórios, pagamento em dinheiro e até cestas básicas. Porém, essas formas de conceder alimentação não funcionam e vamos explicar o porquê.  

Entenda o que fazer ou não fazer e quais as melhores formas de oferecer alimentação para os seus colaboradores.

Menos trabalho, menos desperdício – Um refeitório próprio parece uma boa solução na hora do almoço. Mas, a longo prazo, as taxas de desperdício e de manutenção de uma estrutura como essa não compensam para os empregadores. Outro fator é o aumento de uma equipe própria para a prestação deste serviço e o investimento com práticas de higiene e conservação.        

Ao terceirizar o projeto – ou disponibilizar um benefício que permita aos colaboradores almoçarem em outros lugares – há investimento em praticidade e eficiência com quem entende do assunto.

No caso do vale-refeição, por exemplo, os benefícios ao colaborador serão planejados sistematicamente e personalizados para a sua empresa. Vales referentes a alimentação são vantagens importantes para os colaboradores. Então precisam ser formulados e disponibilizados da melhor maneira. Além do mais, sua empresa poderá acompanhar toda a gestão dos benefícios oferecidos.


Se livre das burocracias –
O pagamento de valores em espécie – como bonificações ou correspondentes à alimentação – podem ser enquadradas como acréscimo de salário. Isso significa que passa a ser necessário sua declaração nos impostos, além de ser adicionado ao valor total do pagamento de um colaborador.

Outra preocupação recorrente das empresas é em relação aos riscos de repasse de dinheiro em espécie e fraudes na distribuição de benefícios. Com o vale-alimentação e o vale-refeição o gestor se previne diante dessas preocupações. A garantia que o recurso será utilizado pela equipe que integra sua empresa está no uso do cartão magnético. Cada um tem uma senha pessoal e intransferível.

Esses benefícios de alimentação ao colaborador também trazem vantagens para a equipe. Caso o colaborador tenha seu cartão perdido, ele tem seu recurso protegido através do bloqueio do mesmo. Ninguém conseguirá utilizá-lo para compras fraudulentas sem códigos de acesso secretos.

Reduções de custos – O Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) é uma iniciativa governamental de estímulo fiscal para fornecer benefícios de alimentação ao colaborador. Para as empresas cadastradas, há a redução de 4% no imposto de renda para empresas de lucro real e isenção de encargos sociais como INSS e FGTS. Além disso, há uma redução dos custos administrativos e operacionais com alimentação interna, trazendo resultados positivos para ambas as partes envolvidas.

Os benefícios de alimentação ao colaborador também proporcionam abatimento na ordem de 4% no IRPJ a ser pago. Desse modo, evita custos com a compra, o transporte, a distribuição e o armazenamento de cestas básicas.

Simplifique a logística – Outra possibilidade vantajosa dos benefícios de alimentação ao colaborador é em relação ao processo de fornecimento de cestas básicas. Logística complexa, compra de alimentos, pesquisa de preços, qualidade dos itens são alguns dos fatores que dificultam.

Tempo e esforço dos profissionais que poderiam estar agilizando outros processos da empresa também são levados em conta. Além disso, há possibilidades de atrasos e outras intempéries na entrega aos colaboradores.

E, de acordo com a legislação, essa é uma concessão que não pode ser suspensa. No caso da escolha pela cesta básica, não é possível voltar atrás. Os vale-alimentação e vale-refeição tornam mais simples e prático todo esse processo de planejamento e entrega do benefício ao colaborador. Como os valores disponíveis em papel ou cartão magnético os beneficiários podem comprar o que precisa com maior facilidade. 

Assim, há praticidade e agilidade tanto para colaboradores quanto para gestores, afinal os créditos são transferidos de forma eletrônica, no caso do cartão magnético. Não há riscos de atrasos e a dinâmica da logística também é garantida com tranquilidade.

Aumento da produtividade – Colaboradores motivados e com o bem-estar em dia trazem melhores resultados para sua empresa. Benefícios de alimentação ao colaborador como vale-alimentação e vale-refeição são grandes aliados para a parceria colaborador-empresa. Além dos ganhos motivacionais e psicológicos, há vantagens na melhoria física que influencia no desempenho produtivo. Uma boa alimentação motivada por benefícios colabora para a saúde nutritiva dos funcionários, evitando doenças e ampliando seu bem-estar.

Burocracia facilitada  – Sistemas de benefícios de alimentação ao colaborador tornam mais simples os processos de adesão e pagamentos para as empresas. Também facilita a utilização de benefícios para os funcionários. Esses sistemas oferecerem recursos de gestão e acompanhamento de cartões de benefícios. Além disso, agilizam o planejamento financeiro da empresa devido a previsão de gastos.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *