Solicite uma Proposta
Voltar
2581

Recrutamento Interno - Saiba O Que É E Quais as Suas Vantagens

O recrutamento interno é uma estratégia de contratação de novos funcionários que prioriza a busca de candidatos dentro da própria empresa. Essa prática tem se tornado cada vez mais comum, pois permite ao gestor de recursos humanos avaliar e selecionar os colaboradores mais qualificados e comprometidos com a organização.

Pensando no assunto, resolvemos escrever este artigo para você entender tudo sobre o tema, saber as vantagens, desvantagens, como implementar e muito mais.

Boa leitura!

Sem tempo para ler? Escute todo nosso conteúdo abaixo!

O que é recrutamento interno?

O recrutamento interno é o processo de identificar e selecionar candidatos para ocupar cargos ou funções dentro da própria empresa. Ele consiste em avaliar os funcionários atuais e verificar se há alguém com os requisitos necessários para ocupar o cargo ou função desejado.

Existem dois tipos de recrutamento interno: o recrutamento vertical, que consiste na promoção de um funcionário de uma posição para outra dentro da mesma hierarquia, e o recrutamento horizontal, que é a mudança de um funcionário de um departamento para outro dentro da mesma hierarquia.

Benefícios do recrutamento interno

O recrutamento interno traz inúmeros benefícios para a empresa, tais como:

  • Redução de custos: o recrutamento interno geralmente é mais barato do que o recrutamento externo, pois não envolve gastos com anúncios, agências de recrutamento e avaliação de currículos de candidatos de fora da empresa.
  • Maior comprometimento dos funcionários: os funcionários que são promovidos internamente tendem a ser mais comprometidos com a empresa, pois sentem que foram reconhecidos pelo seu trabalho e esforço.
  • Maior conhecimento sobre os funcionários: o gestor de recursos humanos já conhece os funcionários atuais e sabe quais são os seus pontos fortes e fracos, o que facilita a tomada de decisão na hora de escolher o candidato mais adequado para o cargo ou função.
  • Maior facilidade de integração: os funcionários que já fazem parte da empresa já estão familiarizados com a cultura organizacional, o que facilita a sua adaptação ao novo cargo ou função.

Desvantagens do recrutamento interno

Apesar de trazer muitos benefícios, o recrutamento interno também pode ter algumas desvantagens, como:

  • Falta de novas ideias e perspectivas: ao recrutar internamente, a empresa corre o risco de ficar presa ao mesmo pensamento e perspectiva, já que os candidatos já fazem parte da organização.
  • Menor pool de candidatos: o número de candidatos para o cargo ou função pode ser menor quando se recruta internamente, já que a busca é restrita à própria empresa.

Como implementar recrutamento interno?

Para implementar o recrutamento interno de forma eficiente, é importante seguir algumas etapas:

  1. Identifique as necessidades da empresa: antes de iniciar o processo de recrutamento, é fundamental avaliar quais são as necessidades da empresa em termos de cargo ou função a ser preenchido.
  2. Crie uma base de dados de funcionários: é importante ter um banco de dados com informações sobre os funcionários atuais, incluindo as suas qualificações e experiências. Isso vai facilitar a busca pelos candidatos mais adequados para o cargo ou função.
  3. Analise os perfis dos funcionários: depois de identificar as necessidades da empresa e criar a base de dados de funcionários, é importante analisar os perfis dos funcionários e verificar quais são os mais adequados para o cargo ou função desejado.
  4. Realize entrevistas e avaliações: depois de selecionar os candidatos potenciais, é importante realizar entrevistas e avaliações para avaliar as suas habilidades e competências.
  5. Ofereça treinamentos e desenvolvimento: para garantir que os funcionários promovidos estejam preparados para o novo cargo ou função, é importante oferecer treinamentos e oportunidades de desenvolvimento.

Como melhorar a eficiência do recrutamento interno?

Para melhorar a eficiência do recrutamento interno, algumas dicas são:

Faça avaliações de desempenho frequentes: avaliar o desempenho dos funcionários de forma frequente pode ajudar a identificar os que estão mais preparados para novos desafios e oportunidades de crescimento.

Ofereça oportunidades de desenvolvimento: oferecer treinamentos e programas de desenvolvimento profissional pode ajudar os funcionários a adquirir novas habilidades e se tornarem mais qualificados para novos cargos ou funções.

Tenha um plano de carreira definido: ter um plano de carreira claro e bem definido pode ajudar os funcionários a entenderem quais são as oportunidades de crescimento e promoção na empresa.

Considerações finais

O recrutamento interno é uma estratégia de contratação de novos funcionários que prioriza a busca de candidatos dentro da própria empresa.

Ele traz inúmeros benefícios, como redução de custos e maior comprometimento dos funcionários, mas também pode ter algumas desvantagens, como falta de novas ideias e perspectivas.

Para implementar o recrutamento interno de forma eficiente, é importante seguir algumas etapas, como identificar as necessidades da empresa, criar uma base de dados de funcionários e realizar entrevistas e avaliações.

Análise cada ponto e veja se vale a pena para o seu negócio optar por essa modalidade de contratação.

Gostou do nosso conteúdo? Veja mais no nosso Blog!