Solicite uma Proposta
Voltar
4091

Estresse ocupacional: quais os impactos e como evitá-lo?

Com o mercado cada vez mais exigente é cada vez mais comum termos como “estresse ocupacional” fazer sucesso dentro das organizações.

Para quem não conhece, esse termo faz referência a doenças crônicas acometidas dentro do ambiente de trabalho devido a desgastes psicológicos e físicos, acometendo até mesmo aqueles que trabalham em home office.

Pensando no tema, resolvemos escrever este artigo com o intuito de mostrar como o estresse ocupacional ocorre e como você pode evitar da melhor maneira possível dentro da sua equipe e garantir a motivação e saúde dos seus colaboradores.

Boa leitura!

Estar sem tempo para ler? Escute o todo o conteúdo e não perca nenhum detalhe!

O que causa o estresse ocupacional?

Ele pode ser causado por fatores como o ambiente de trabalho, o tipo de atividade desenvolvida, ou as relações interpessoais dentro da equipe. Além disso, ele pode desenvolver efeitos negativos sobre a saúde, bem-estar e produtividade do trabalhador.

Existem três categorias que você precisa conhecer: estresse físico, mental e emocional.

Estresse Físico

Ele é causado pelo ambiente de trabalho e pela atividade desenvolvida. Pode incluir fatores como o barulho, o calor, o frio, a umidade, a iluminação e a ventilação. Também pode incluir como trabalho é pesado, repetitivo, insalubre, perigoso ou que requer postura incorreta.

Estresse Mental

O estresse mental é causado pelas demandas do trabalho e pelas relações interpessoais no local. Pode incluir fatores como o ritmo acelerado, a pressão por resultados, conflitos interpessoais, o isolamento social e o bullying.

Estresse Emocional

Esse é causado pelas emoções negativas que são experimentadas no trabalho. Pode incluir sentimentos de ansiedade, depressão, raiva, culpa, medo e estresse. O estresse emocional pode ser causado tanto pelo ambiente, como pelas relações interpessoais, ou pelo tipo de trabalho desenvolvido.

Principais Sintomas!

Pessoas que estão sofrendo com estresse ocupacional, tendem a apresentar os seguintes sintomas:

• Alterações no apetite;

• Alterações no sono;

• Ansiedade;

• Aumento da irritabilidade;

• Baixa auto-estima;

• Depressão;

• Distúrbios do sono;

• Esgotamento;

• Fadiga;

• Falta de concentração;

• Falta de energia;

• Gusanos;

• Imunidade baixa;

• Indecisão;

• Insegurança;

• Memória fraca;

• Nervosismo;

• Problemas de digestão;

• Problemas de memória;

• Problemas de concentração;

• Problemas de pele;

• Quedas de energia;

• Tensão muscular;

• Tensão nervosa.

Causas do estresse ocupacional

As causas do estresse ocupacional podem ser divididas em quatro categorias: fatores do trabalho, fatores pessoais, fatores sociais e fatores organizacionais.

Fatores do trabalho

Os fatores do trabalho que podem causar estresse ocupacional incluem o ambiente de trabalho, o tipo, o ritmo e as demandas.

Fatores pessoais

Os fatores pessoais que podem causar estresse ocupacional incluem a personalidade, o estilo de vida, e as crenças pessoais.

Fatores sociais

Os fatores sociais que podem causar estresse ocupacional incluem as relações interpessoais no local de trabalho, o isolamento social, e o bullying.

Fatores organizacionais

Os fatores organizacionais que podem causar estresse ocupacional incluem a cultura da organização, a estrutura da organização, e as práticas de gestão.

Efeitos do estresse ocupacional

Os principais efeitos podem ser divididos em quatro categorias: efeitos físicos, efeitos mentais, efeitos emocionais, e efeitos comportamentais.

Efeitos físicos

Os efeitos físicos do estresse ocupacional podem incluir:

• Alterações no apetite;

• Alterações no sono;

• Aumento da frequência cardíaca;

• Aumento da pressão arterial;

• Aumento da respiração;

• Baixa imunidade;

• Cansaço;

• Enxaqueca;

• Espasmos musculares;

• Gastrite;

• Indigestão;

• Insônia;

• Náuseas;

• Problemas de pele;

• Quedas de energia;

• Tensão arterial alta;

• Tensão muscular.

Efeitos mentais

Os efeitos mentais do estresse ocupacional podem incluir:

• Alterações no humor;

• Ansiedade;

• Aumento da irritabilidade;

• Baixa autoestima;

• Depressão;

• Dificuldades de concentração;

• Dificuldades de memória;

• Dificuldades para tomar decisões;

• Esgotamento;

• Fadiga;

• Insegurança;

• Irritabilidade;

• Nervosismo.

Efeitos emocionais

Os efeitos emocionais do estresse ocupacional podem incluir:

• Ansiedade;

• Depressão;

• Medo;

• Raiva;

• Estresse.

Efeitos comportamentais

Os efeitos comportamentais do estresse ocupacional podem incluir:

• Alterações no apetite;

• Alterações no comportamento sexual;

• Alterações no comportamento social;

• Isolamento social.

Como evitar o estresse ocupacional?

A prevenção deve incluir a identificação e a eliminação dos fatores de risco. Além disso, é importante implementar estratégias de enfrentamento, como a gestão do estresse, a redução dele, e o aumento da resiliência.

Gostou do nosso conteúdo? Siga para mais textos sobre gestão de rh.

Veja também!

5 Principais Desafios Do RH e Como Agir Diante Deles | Nutricash

RH Moderno: 5 Características Que Você Precisa Conhecer!