Voltar
41

Como benefícios podem ajudar na construção de uma cultura organizacional?

No mundo globalizado, as empresas que pretendem se destacar no mercado tão competitivo precisam estar abertas as mudanças e serem cada vez mais flexíveis. Elas devem alinhar a cultura organizacional aos benefícios disponíveis para obter bons resultados.

É através do senso de urgência frente aos desafios do meio corporativo que os gestores poderão direcionar as estratégias mais viáveis para o sucesso do negócio, atentando para

  • O perfil dos colaboradores e a gestão comunicacional com este público
  • A motivação profissional necessária
  • A capacitação e desenvolvimento profissional da equipe (treinamento e avaliação de desempenho)

Para construir uma cultura organizacional atraente ao profissional, a empresa deve fornecer benefícios atrativos a estes.

Como a cultura organizacional pode impactar no negócio?

A cultura organizacional, conjunto de valores, crenças e hábitos concernentes a todos os membros de uma organização, se não for bem estruturada pode causar impactos negativos para o sucesso do negócio.

Como cada indivíduo possui sua própria cultura, ele precisa se identificar com a cultura organizacional para “comprar a ideia” proposta pela empresa e superar as expectativas. Logo, o comportamento profissional tem que ser moldado a cultura da empresa para que ambos (colaborador e organização) ganhem com isso.

Se de um lado o funcionário passa a ser mais produtivo quando recebe os estímulos certos e entende seu lugar na empresa, assim como a importância do desenvolvimento de sua função no ambiente laboral. De outro, a empresa tende a buscar meios de atrair e reter os trabalhadores, disponibilizando benefícios intrínsecos a sua realização pessoal e profissional como:

  • Horário de trabalho flexível – ajuda ao colaborador otimizar o tempo cuidar melhor da vida pessoal.
  • Convênio com estabelecimentos próximos ao trabalho – dá mais opções ao profissional de se deslocar em tempo hábil para resolver pequenos problemas (alimentação, contas a pagar, etc.)
  • Desconto em restaurantes, lojas, academias, escolas – auxilia na manutenção das despesas básicas.
  • Folgas mensais – estimula a produzir melhor, em vista de poder passar mais tempo com amigos e família.

Como a cultura organizacional pode ser construída

Alguns elementos fundamentais como a motivação e a satisfação profissional são imprescindíveis para que os gestores consigam integrar os colaboradores com a cultura organizacional. Essa cultura vai ser disseminada de forma transparente se os gestores tiverem como base a:

  • Sinergia da equipe
  • Sensação de pertencimento
  • Comunicação interna

O trabalho em equipe vai fluir bem se houver sinergia entre os membros do grupo. Claro, que é importante levar em consideração as peculiaridades de cada indivíduo, mas o sucesso coorporativo implica, entre outras coisas, em buscar a coesão com as metas a serem atingidas.

Outro aspecto importante na construção da cultura organizacional que o RH deve alinhar com os líderes é a relevância do seu papel em levar a equipe a entender o lugar que ocupa dentro da organização. A sensação de pertencimento além de servir para ajudar o profissional a “vestir a camisa da empresa”, contribuindo efetivamente na tomada de decisões mais assertivas nas funções que desempenha, ou seja, ser líder de si mesmo, contribui para a retenção de talentos.

Mas, para conseguir manter uma equipe bem entrosada e engajada não se pode descuidar da comunicação interna. Saber ouvir, interpretar e solucionar os conflitos com certa urgência, assim como divulgar informações certas, na hora certa, para o público certo contribui com o clima organizacional mais saudável e impacta na motivação profissional, consequentemente na produtividade.

Importância da Implementação de benefícios na cultura organizacional

Todo profissional quando recompensado busca desenvolver melhor seu talento. Isso impacta tanto na carreira do colaborador, quando na lucratividade da empresa. A implementação de benefícios na cultura organizacional precisa estar adequada com a realidade da empresa.

É muito importante que os gestores entendam que a concessão de benefícios não é uma vantagem unilateral, mas sim uma via de mão dupla, na qual certamente a empresa vai obter êxito na atividade que desenvolve. Por isso, o RH deve utilizar essa ferramenta para atrair e manter os colaboradores alinhados com as metas empresariais.

A satisfação pessoal, social, profissional do trabalhador irá leva-lo a aderir a cultura organizacional naturalmente e isso reverberará na imagem da organização com o público externo. Então, nada melhor para o sucesso do negócio promover o bem-estar do trabalhador.