Saiba quais são os preços das refeições fora de casa no horário do almoço, segundo pesquisa da ABBT – Alimentação saudável | Na Mídia | Notícias | Nutricash

Notícias

Ver todas as notícias

Saiba quais são os preços das refeições fora de casa no horário do almoço, segundo pesquisa da ABBT

Alimentação saudável - Na Mídia - 19.04.18

A Associação Brasileira das Empresas de Benefício ao Trabalhador (ABBT) divulgou recentemente o resultado da sua pesquisa de 2017, que avalia o preço das refeições fora do lar, na hora do almoço.

E o resultado obtido é que almoçar fora de casa aumentou em 3,64% em relação ao ano passado, de acordo com pesquisa da Associação Brasileira das Empresas de Benefício ao Trabalhador (ABBT). O valor médio das refeições no Brasil é de R$ 34,14. O Sudeste foi a região que apresentou os preços mais elevados (R$ 34,49) e o menor valor foi o da região centro-oeste (R$ 32,87).

Em relação às cidades, Florianópolis (SC) foi a que apresentou preço médio de almoço mais elevado, registrando R$ 40,85. Em seguida aparecem os municípios de Niterói (RJ) com R$ 39,88, Aracaju (SE) com R$ 39,43 e Rio de Janeiro (RJ) R$ 38,97. O menor valor dentre as cidades pesquisadas foi em Campo Grande (MS) registrando R$ 26,23.

A pesquisa da ABBT é realizada desde 2013, mede os preços de uma refeição completa, que consiste em prato principal, bebida não alcoólica, sobremesa e café, praticados na hora do almoço. Para a edição de 2017, foram visitados 4.587 estabelecimentos em 51 municípios, nas cinco regiões do Brasil.

Diante disso, o benefício Nutricash Refeição oferecido ao seu colaborador está compatível com a realidade do mercado? Confira o relatório que fizemos da Pesquisa ABBT Preço Médio Refeição 2018 e aproveite para solicitar-nos uma proposta para ajustarmos o benefício oferecido ao seu colaborador (ou ser nosso cliente), deixando-o compatível com a realidade do mercado. Sendo associado ao PAT você ainda tem a possibilidade de dedução em até 4% do Imposto de Renda (empresas de lucro real) e a isenção de encargos sociais.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *