Notícias

Ver todas as notícias

Para driblar crise, empresas investem em treinamento e desenvolvimento de colaboradores

25.05.16

Em tempos de crise, que resulta em cortes de custos de recursos materiais e humanos, a redefinição de planos é bastante comum nas empresas, as quais por conta deste fator econômico são forçadas a fazer mais com menos. Contudo, a oferta de treinamentos ganha importância como ferramenta para elevar a produtividade e eficácia das equipes.

Quando a empresa investe em treinamento ela está investindo nela mesma, no seu próprio crescimento. A empresa que implementa a prática do treinamento constante aumenta a sua capacidade de atrair e reter talentos. No momento em que se investe no colaborador, ele passa a se sentir elemento fundamental para a “carreira” da sua empresa, o que, por sua vez, ajuda a alavancar sua própria carreira.

Colaboradores treinados ajudam na busca de inovação e soluções para a empresa, por isso, conhecimento é a melhor solução para alavancar vendas e todos, mesmo que não sejam da equipe comercial, tem seu papel de relevância.

A Nutricash, empresa baiana de meios de pagamentos corporativos, por exemplo, possui um planejamento anual de capacitação de equipes no qual são feitos treinamentos, workshops, palestras e outros cursos de atualização na própria empresa, além de proporcionar em algumas ocasiões a participação de seus funcionários em eventos externos. De 2014 para 2015 a empresa aumentou em 50% as horas de treinamentos internos e a previsão é manter esse ritmo de crescimento em 2016.

Esse processo de desenvolvimento e formação de equipes com visão para resultados é cultuado desde o primeiro dia de trabalho do colaborador na Nutricash. Através do Programa de Integração Nutricash World – conceito inspirado no termo gamification – o novo colaborador é convidado a conhecer os produtos e cultura da organização através de jogos de tabuleiro, quiz, jogo de cartas e provas técnicas, enfrentando assim todos os obstáculos e fases para se tornar um colaborador engajado, motivado e vencedor.

O termo gamification, ou gamificação, é usado para designar o uso de estratégias e tecnologias típicas dos games fora do universo de entretenimento. Seu objetivo é resolver problemas práticos enfrentados por um público específico. Para a Nutricash, o processo de gamificação compreende acompanhar os novos colaboradores nos 90 dias de adaptação, realizar os devidos feedbacks de acordo as etapas superadas no processo.

Para Luciano Engel, Superintendente Comercial, Marketing e Produtos da Nutricash, “é perceptível os benefícios que esse modelo inovador de treinamento proporcionou em um curto prazo, em especial, para a equipe comercial. A assimilação de conteúdos, a integração dos novatos e a imersão na cultura organizacional foram significativamente aprimoradas após a adoção do Nutricash World, refletindo diretamente na diminuição do turnover e na observação dos resultados de vendas em um menor espaço de tempo”.

Sobre a Nutricash:

Fundada em 1993, a Nutricash integra a holding 3P Investimentos e Participações e atua em todo território nacional oferecendo soluções modulares em gestão de pagamentos corporativos que proporcionam economia de custos, praticidade nos processos e maior eficiência na gestão. Atualmente, seu portfólio de soluções abrange com maior ênfase o segmento de benefícios ao trabalhador e o de gestão de frotas através da marca MaxiFrota.

Informações para a imprensa:
Marcelo Gonçalves – Supervisor de Marketing
71 3340-1036 | marcelo.goncalves@nutricash.com.br





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *