Notícias

Ver todas as notícias

ASSERT lança livro em comemoração aos 40 anos do PAT

Na Mídia - 21.12.16

O mais duradouro programa socioeconômico do Brasil e um dos mais bem-sucedidos do mundo já beneficiou cerca 20 milhões de trabalhadores e ganha um livro dedicado à sua história e relevância.

No início dos anos 1970, a instabilidade causada pela primeira crise do petróleo mostrou ao mundo quão frágeis eram as economias dos países dependentes da importação desse insumo. Naquele rol incluía-se o Brasil, que viu cair por terra seu “milagre econômico” da década anterior, o que motivou a tomada de medidas por diversas frentes. Uma das iniciativas no campo governamental foi o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), criado em 1976 para promover a melhoria da situação nutricional e de saúde dos trabalhadores – o que traria ganhos em produtividade e auxiliaria o Brasil a crescer novamente entre os players da economia mundial.

Hoje, é o programa socioeconômico mais longevo do Brasil e um dos mais bem-sucedidos do mundo, sendo referência para a Organização Internacional do Trabalho (OIT). Em 2015, beneficiou 19,5 milhões de trabalhadores em mais de 223 mil empresas (de acordo com dados do Ministério do Trabalho). É o único do mundo que prevê refeição principal (almoço, jantar e ceia) e refeição menor (desjejum e o lanche), sendo uma política de benefício alimentar completa.

A trajetória do PAT ao longo destes 40 anos, os impactos sobre a atividade economia brasileira e o Produto Interno Bruto, projeções para os próximos anos e oportunidades de expansão do Programa estão no livro “40 Anos do Programa de Alimentação do Trabalhador – Conquistas e desafios da política nutricional com foco em desenvolvimento econômico e social”, organizado pelo Professor José Afonso Mazzon, da Fundação Instituto de Administração (FIA), e viabilizado pela Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalhador (ASSERT).

O livro está disponível gratuitamente no site da ASSERT e você pode consulta-lo através desse link.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *