Notícias

Riscos e benefícios dos alimentos transgênicos

Você está em home > notícias

Tuesday, August 10, 2010

Para melhorar as características de algumas espécies e o seu rendimento para o consumo humano, a ciência genética desenvolve produtos transgênicos. Esta técnica, que gera uma série de discussões, consiste na alteração do DNA de uma espécie incorporando um gene com melhores características. Abaixo, vejam quais são os benefícios e os riscos para escolher os produtos que você quer consumir.

Benefícios

• Saúde: podem ser produzidos alimentos com melhores características nutricionais do que as das espécies naturais.
• Economia: são conseguidas variedades de cultivos mais resistentes às adversidades (pragas, seca, geadas, etc.), garantindo a produção.
• Conservação: ao obter cultivos mais resistentes, são reduzidas as intervenções na terra, evitando seu desgaste e o uso de agrotóxicos.
• Preservação: por meio destas modificações genéticas, pode-se estender a vida útil do alimento.

Riscos

• Saúde: os produtos podem produzir alergias em pessoas suscetíveis e resistência aos antibióticos usados pelos seres humanos.
• Economia: do ponto de vista comercial, estes produtos são os preferidos pelos agricultores, gerando uma dependência das empresas multinacionais que os comercializam.
• Conservação: causam contaminação genética irreversível. O aparecimento de organismos com maiores aptidões provoca o risco de extinção nas variedades endêmicas ou silvestres.
• Culturais: as técnicas agrícolas milenares que conviviam de forma equilibrada com o meio ambiente são alteradas.

Importante saber também que não existe no mundo uma regulamentação única para o consumo e a comercialização de alimentos transgênicos e nem todos os países têm leis que regulam a produção transgênica e fiquem atentos, pois todo o cidadão tem o direito de saber o que irá consumir. Por isto, a descrição da composição do alimento e o gene que foi inserido no produto, devem ser informados. Além dos rótulos dos produtos nacionais são necessários que sejam analisados os produtos importados produzidos através da biotecnologia.

Mais informações www.bemsimples.com.br

+ Notícias Anteriores